13 coisas que todo mundo que é pobre já fez em Natal

By | 16:44 Comente

Você já se pegou pensando como é difícil, e ao mesmo tempo engraçado, ser pobre em Natal? Todos os dias a gente passa por inúmeras situações em comum, como pegar ônibus lotado, enfrentar filas nos cantos e se ver em situações hilárias.

Daí tivemos a ideia de listar algumas coisas que acredito que todo pobre já tenha feito ou passado aqui em Natal. Se você também é um, como a gente, vai se reconhecer em pelo menos boa parte dos 13 pontos que listamos a seguir.

1. Foi à balada apenas nas sextas pra entrar gratuitamente:


Muitas casas noturnas, como a Vogue e o Taverna, oferecem promoções aos estudantes que chegam ao local até às 23h30. A correria é grande pra chegar a tempo de entrar gratuitamente

2. ...e depois esperou até às 5h, quando os ônibus voltam a circular:


Sempre rola aquela dúvida: como voltar pra casa? Aí só nos resta esperar até às 5h pra pegar o busão. Até porque dinheiro pro taxi não rola...

3. Pegou a sessão de 5 reais do Moviecom:


O filme estreia, o tempo passa, mas quem tá com a grana curta só pega mesmo aquela sessão de R$5 reais que o Moviecom oferece às 14h.

4. Comprou lanches na Docelândia pra comer na praça de alimentação do shopping:


Melhor programação de todo calouro da UFRN. Juntar os amigos, algumas moedas e fazer compras na Docelândia do Via Direta pra comer na praça de alimentação. Alunos do Floca, Hipócrates e UFRN vão se identificar! (rs)

5. Comeu os salgados + copo de refri por R$1,50 no Alecrim...


Andar no Alecrim em busca dos melhores preços dá uma fome sem tamanho. Nada como comer aquelas coxinhas + copo de refri Frevo por apenas R$1,5. Os mais espertos levam pra casa pelo menos mais 5 salgados pra comer depois.

6. ...ou as batatas fritas banhadas a óleo da parada do Natal Shopping:


As porções vêm em saquinhos de papel, que ficam encharcados com o óleo das batatas. Só para os fortes...

7. Levou o (a) namoradx pra dar rolé no Carrefour:


A grana curta, não dá pra ficar levando a pessoa amada sempre ao cinema. Aí não resta melhor opção que o estacionamento do Carrefour. Ótimo lugar pra ficar agarradinho vendo a movimentação dos carros na Salgado Filho.

8. Entrou nas Americanas apenas para olhar os CDs (e nunca comprar um):


Quem nunca?! Ir ao shopping e não passar nas Americanas é quase impossível! Sempre rola aquela vasculhada nos CDs e DVDs, mesmo que não compremos nada.

9. Jogou o cartão de passagem emprestado pela janela do ônibus:


Essa prática deveria ser oficializada nas Olimpíadas, gente! Sempre vemos aquele desespero do povo pra jogar pela janela o cartão de passagem alugado na parada do Midway Mall. Quem já passou por isso sabe como é radical.

10. Almoçou pipoca Bokus


Quando o dia é corrido, muitas vezes não temos tempo sequer de almoçar. Nessas ocasiões, nada mais prático (apesar de não ser nada saudável) que recorrer a boa e velha pipoca Bokus. Depois é só lamber os dedos e a desgraça fica completa. kkkkkkkkkkkkk 

11. Deixou o currículo no Contact Center Riachuelo


Um dos lugares que mais empregam na região é também aquele mais procurado na hora que o desemprego bate na porta. Todo mundo tem alguém na família ou conhece um amigo que trabalha ou já trabalhou no call center da Riachuelo. O importante é não ficar parado.

12. Andou do Alecrim ao Centro a pé pra economizar passagem de ônibus:


Pegar outra passagem de busão? Jamais! 'Simbora' caminhar...

13. Encontrou alguém com a mesma roupa que você comprou na Renner:


Quem nunca passou por isso que atire a primeira pedra! kkkkk Aquele momento que você estava arrasando com o look destruidor, aí de repente encontra alguém com as mesmas peças e descobre que só era mais um. kkkkk


Ser pobre não é fácil...

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: