Anos 90: como era se masturbar sem a internet de hoje

By | 19:03 2 comments

Quem nasceu até os anos 90 e acessa a internet rápida e móvel de hoje sabe como era difícil naquela época encontrar estímulos visuais e sonoros para o exercício diário da velha e boa masturbação.

Não tínhamos WhatsApp pra trocar nudes, nem XVídeos para conferir o ménage à trois dos saradões de 21 cm que cai na rede atualmente. Ter acesso às fotos e vídeos de nudez era missão quase impossível. Quase, porque a gente sempre dava um jeito.

Vamos relembrar?

Quem nunca se excitou com a seção de cuecas da revista Demillus ou Avon, que atire a primeira pedra!


Naquela época, nem sonhávamos que surgiria algo como o "Banana is my Business" pra conferir tão facilmente as malas.


Quem fosse mais esperto conseguia uma edição da G Magazine emprestada de um amigo que pegou do primo do vizinho que comprou no sebo.


Outra opção era ligar para o "tele sexo" e conversar putaria com alguém na linha, que poderia ser ou não garotos de programa. Valia cada centavo!



Se você era um adolescente gay naquela época, provavelmente deve ter batido uma para as cenas de sexo em "Embalos de sábado à noite" no "Corujão" da Globo.



Mas às 2h não tinha como sair de frente da TV. Era hora do Cine Band Privê, o melhor programa dos punheteiros da TV brasileira!!!!!!!



Já no domingo, tinha a banheira do Gugu e aquele povo todo se pegando. Era ficar na torcida para que alguém pagasse pintinho...



Sem muitas opções, restavam-nos também a imaginação! Se masturbar depois da educação física, da natação ou se imaginando na cama com o melhor amigo.



E vocês, bichetes, o que faziam pra bater uma sem a internet tal como conhecemos hoje? Comente aí!



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

2 comentários:

  1. Eu me excitava vendo os machos gostosos na rua.
    Quando chegava em casa, precisa tocar uma por eles.
    Era muito tesão!

    ResponderExcluir
  2. Mas isso era nos anos 2000 mesmo.
    Só comecei a me masturbar na Internet em 2007, gente.

    ResponderExcluir