Casanova emite nota de esclarecimento sobre agressão contra cliente

By | 16:24 Comente

O Casanova divulgou agora há pouco uma nota sobre o caso de agressão sofrida por clientes no último sábado (17), após uma discussão com o segurança da estabelecimento.

Veja na íntegra:

NOTA ABERTA AO PÚBLICO

Nós que fazemos parte da administração do Casanova Ecobar estamos vindo a público, para falar do infeliz acontecimento deste último sábado (17) aqui na casa, iniciando e afirmando que nenhuma agressão é justificável, e nós concordando totalmente com isso, estamos aqui assumindo, reconhecendo todas as falhas/erros, e sim, pedir todas as possíveis e sinceras desculpas não só a cliente envolvida, como a todos ou outros clientes que diretamente ou indiretamente participaram, e se sensibilizaram com esse infeliz ato.

Todo o acontecimento iniciou com um grupo de clientes que estavam fumando na rampa de acesso ao estabelecimento, onde um de nossos funcionários foi até os mesmos, solicitou que eles mudassem de local pois naquela área não poderia fumar, uma das clientes colocou o braço para a varanda, permanecendo fumando na mesma área, e o funcionário insistiu em pedir para eles saírem daquela área, onde um dos clientes, não concordando com a forma que o funcionário falou com eles, nos informando que ele tinha sido grosseiro desde a primeira abordagem, e afirmou ‘’não irei sair desta área, e quero ver quem irá me retirar’’, frente a forma como o funcionário tinha abordado eles.

O funcionário solicitou apoio ao segurança, quando o mesmo cliente repetindo que não iria sair daquela área, foi imobilizado, na tentativa de ser levado para fora do estabelecimento.
A partir daí, algumas amigas desse mesmo cliente, partiram pra cima do segurança para fazer com que o mesmo soltasse o cliente e parasse aquele ato.

O segurança afirma ter recebido 2 murros em seu rosto, e na defensiva daquela situação muito rápida, ele reagiu com uma postura grossa, atingindo a cliente Lúcia.

O mesmo segurança afirmou que segurou todas as mãos e murros das mulheres que recebeu na tentativa de baterem nele, porém quando Lúcia partiu pra cima, ele não soube diferenciar se era uma mulher ou um homem, pela rapidez do acontecimento.

Deixamos claro que não apoiamos qualquer atitude de agressão, da mais branda à mais enfática. A agressão cometida a cliente Lúcia neste último sábado foi uma infelicidade cometida por um dos seguranças terceirizado da casa, que após tentar se proteger, talvez tenha saído de si após receber murros, e atingiu a mesma.

Foi algo inadmissível sim, reprovado por todas as administradoras da casa, e terão todas as medidas cabíveis tomadas.

Estamos totalmente sensibilizadas, muito tristes com todo esse acontecimento, abertas a colaborar com quais medidas forem necessárias para tentar corrigir, nos corrigir, reverter, ajudar, nos penalizar, ou qualquer medida cabível que seja. Jamais iremos nos fechar pra qualquer erro. Não estamos querendo ser isentas de nenhuma falha que aconteceu aqui na casa.

Estamos em constante evolução, aprendizado. Jamais iremos nos fechar para o bem comum de todos.
Reconhecemos o ocorrido e abominando tal atitude do nosso funcionário, manifestamos as nossas mais sinceras desculpas pública, e expomos a vocês que já estamos tomamos todas as devidas providências. Desde a troca da equipe terceirizada de segurança, e retratação com os envolvidos, Lúcia e Arthur, quanto ao recebimento de todo o manifesto público.

Desde a nossa inauguração em 2010, sempre pregamos o respeito acima de tudo. Acima de qual bandeira, gênero, religião ou política você defender. Fomos, desde a época do Galpão 29 em 2007, e continuamos sendo palco de várias descobertas, de várias des-rotulações, e várias construções sim.
O Casanova Ecobar, ao contrário do que foi posto aqui, é uma casa aberta a todas as tribos, defensora da convivência pacifica entre as raças, por entendermos e sermos veemente contra qualquer forma de preconceito seja ela racial ou não. 

Independentemente de sexo, gênero, cor, religião e classe social, sempre acolhemos a todos em busca de proporcionar noites de alegria.

Mais uma vez, nossas sinceras desculpas em público, a todos os envolvidos. Pedimos desculpas por qualquer transtorno causado. Novamente: estamos abertas ao dialogo e dispostas a receber as devidas punições que venham a ser tomadas e responder por todas.

Att, Casanova Ecobar
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: