Encontro de Dança 2017 invade Barracão Clowns a partir deste sábado com apresentações gratuitas

By | 10:36 Comente
Foto: Divulgação
Tradição e modernidade, liberdade da arte contemporânea e a gestualidade corporal das expressões ancestrais. Foi baseando-se nesses princípios que o Encontro de Dança ganhou espaço nos palcos, teatros, parques e ruas do Rio Grande do Norte, além de uma plateia fiel e imersa à arte contemporâneas, nos últimos 10 anos. Com o lema “Encontrar é Preciso”, o Encontro de Dança 2017 tem início no próximo dia 29 de abril e segue até o dia 06 de maio com apresentações gratuitas, sempre às 20h, no Barracão Clowns.

Compondo a programação do Encontro de Dança 2017, está a Companhia H (RS) com o espetáculo Sopros; GEDA Cia de Dança Contemporânea (RS) com “Não me toque, estou cheia de lágrimas – Sensações de Clarice Lispector”; João Paulo Gross (GO) com O Crivo; Solos de Stuttgart com os solos Utopia, Tzid, Entrelacs, Equilíbrio e Por Baixo. Pela Plataforma do RN, responsável pela seleção das companhias do estado para o evento, está o Entre Nós Coletivo de Criação com os espetáculos Caricat’s e Bailongo; Gesto Cia de Dança (Mossoró) com Meu, Seu, Nosso; Companhia de Dança do Teatro Alberto Maranhão – CDTAM em Andara e, Rozeane Oliveira do CIDA – Coletivo Independente Dependente de Artistas) no solo Eu, Fêmea.

Foto: Divulgação
O festival contará também neste ano com a apreciação do Farofa Crítica (Diogo Spinelli, George Holanda, Heloisa Sousa, Paul Moraes, Paulinha Medeiros e Rafael Duarte), um coletivo de críticos de teatro, performance e dança, que surgiu no cenário potiguar com o intuito de escrever, opinar, aplaudir e questionar  produções de Natal ou de qualquer outro lugar do mundo.

Com uma década de existência, o Encontro, criado por Diana Fontes, Joana Fontes, Bianca Dore, Danielle Flor e Giovanna Araújo já foi prestigiado por mais de 77 mil pessoas. Foram quase 400 ações conduzidas por mais de 6.500 técnicos e artistas/companhias de várias nacionalidades. Marcou presença nesses encontros, todas as companhias do RN em uma constante e relevante troca de olhares, toques e conhecimento. Para Diana Fontes, diretora geral, a arte trazida pelo Encontro constrói uma linguagem que identifica, aproxima e faz os seres dialogar. “Através do Encontro de Dança, esses alicerces foram criados e geraram frutos. Sempre encontrando, criando redes, teias das mais diversas cores, traçando, tramando e tecendo os fios. A arte de fiar através da dança. Respeitando a diversidade e as querências”, define Diana Fontes.

Esta edição celebrativa conta com a UNIMED Natal, através da Prefeitura Municipal do Natal/Programa Djalma Maranhão e O Boticário, através do Ministério da Cultura/Lei Rouanet e realização Espaço Vivo Promoções Culturais.

Para os interessados em participar das oficinas, as inscrições estão abertas até o dia 28 de abril através do www.encontrodedanca.com/oficinas. O resultado será divulgado no dia 30. E, para mais detalhes sobre o Encontro ou programação, acesse www.encontrodedanca.com/programacao.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: