Com promessa de aumentar quantidade de esperma, produto 'Spermopower' tem venda proibida pela Anvisa

By | 11:34 Comente
Foto: Reprodução Spermopower
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a fabricação, distribuição, comercialização e uso do produto Spermopower em todo o país. De acordo com a resolução publicada no Diário Oficial da União de hoje (21), também foi proibida a divulgação desse produto, tanto pelo site como por qualquer outro meio de comunicação. Apesar de a proibição já estar valendo, até o fechamento desta matéria o site continuava a oferecer o produto.

O produto é vendido com a promessa de aumentar em até 1000% a quantidade de esperma durante a ejaculação.

"Spermopower contém 06 importantes nutrientes que, quando formulados e combinados nas quantidades corretas exercem 200 atividades sinergéticas no seu corpo para aumentar com sucesso o volume de sêmen e a contagem de esperma, melhorar o desempenho sexual e fortalecer a ejaculação."

De acordo com a Anvisa, o Spermopower (Tribulus terrestris) não possui registro, notificação ou cadastro na agência e, por isso, foi determinada também a apreensão e a inutilização das unidades do produto que forem encontradas no mercado. De acordo com a página do produto na internet, o Spermopower aumenta a potência e a quantidade de esperma.

Por Bicha Natalense com informações da Agência Brasil.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: