Escola de Natal explora a diversidade em Exposição Pedagógica

By | 19:35 Comente
Pais são participantes ativos na Exposição Pedagógica da Casa Escola 
O Instituto Educacional Casa Escola abre ao público a 26ª edição de sua Exposição Pedagógica, na tarde desta sexta-feira, 22, e na manhã do sábado, 23, e conta com a participação de todos os alunos da instituição, orientados pelos professores, e acompanhados por toda a comunidade escolar. O tema central da Exposição engloba a diversidade de famílias, gênero, culturas, e de bairros, dentro do contexto da cidade do Natal.

Longe de ser meramente uma feira de ciências na qual os alunos apresentam trabalhos padronizados, a Exposição Pedagógica mostra o resultado de um caminho de aprendizado. “O percurso se inicia a partir da escolha de um tema a ser trabalhado com toda a escola desde o início do ano. Este ano, o tema que julgamos relevante para o debate é a diversidade. Os alunos se lançam para o trabalho de pesquisa e a equipe pedagógica exerce a função de orientar, intervir e incrementar”, explica a diretora da escola, Priscila Griner. O evento também conta com encenações teatrais e oficinas de música, além de ser comemorado, na ocasião, o aniversário de 34 anos da Casa Escola, conferindo um ar ainda mais especial para o momento.

Dentre os trabalhos, os grupos I e II do turno matutino se debruçaram sobre a diversidade no âmbito familiar. Os alunos tiveram como objetivo conhecer e discutir as novas configurações familiares e como é possível integrá-las à sociedade contemporânea; já os alunos do 2º ano pensaram como se constroem e como podem ser desconstruídas as relações de gênero nas brincadeiras; já o 3º ano apresentará o trabalho "Tô na luta, sou mulher, por isso posso ser o que quiser", sobre a luta e a representatividade feminina nas mais diversas áreas da sociedade.

A cultura africana, a música brasileira, as diferenças no continente americano e o livro “As Mil e Uma Noites”, que reúne relatos centenários da cultura árabe, também serão trabalhados pelos alunos, preenchendo o mosaico da diversidade a que a exposição pedagógica se propõe. “A ideia é promover a construção conhecimento tendo como gancho o respeito às diferenças e inclusão”, explica Priscila Griner. As exposições são abertas ao público em geral.


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: