Rio Sem Homofobia lança campanha para celebrar Outubro da Diversidade

By | 15:37 Comente
Foto: Reprodução
O programa Rio Sem Homofobia, da Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Políticas para Mulheres e Idosos do Rio de Janeiro (SEDHMI), lançou ontem (1º) pelas redes sociais, a campanha Amar é um direito de todxs.

A ação tem o objetivo celebrar o Outubro da Diversidade e chamar a atenção para a luta pelos direitos da população LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros), além de combater os preconceitos de gênero.

“Infelizmente, acho que precisaremos de muitos anos ainda para acabar com esse preconceito, como se a população LGBT não pudesse, por livre e espontânea vontade, seguir sua orientação sexual, não pudesse expressar os seus relacionamentos”, disse à Agência Brasil o secretário da da SEDHMI, Átila Nunes.

A ideia da campanha é trabalhar, principalmente, a questão da conscientização das pessoas, “criar um ambiente de maior respeito com relação a essa população que sofre tantos preconceito, inclusive casos que chegam até a assassinatos”, destacou Nunes.

Por meio do programa Rio Sem Homofobia, a secretaria está acompanhando o caso da drag queen que foi agredida com golpes de foice no município de São Gonçalo, região metropolitana do Rio de Janeiro. O programa colocou assistência jurídica, social e psicológica à disposição da vítima, como faz habitualmente nos Centros de Cidadania LGBT do estado. O caso ocorreu na madrugada da última quinta-feira (28), no bairro Trindade.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: